► Artigos - Estudos - Mensagens

 
Ministério 
 

Mas em nada tenho a minha vida por preciosa, contanto que cumpra com alegria a minha carreira, e o ministério que recebi do Senhor Jesus, para dar testemunho do evangelho da graça de Deus. (Atos 20:24)

Nessa quarta-feira, 16 de novembro de 2011, recebemos na Igreja Batista das Nações o pr. André Schalitt, que retornava de mais uma missão. Nessa visita, ele trouxe o seu testemunho de quando, em missão na Holanda, hospedou-se no mesmo hotel em que estava hospedado um missionário de 92 anos de idade, cuja vida ele conhecera pelos relatos da História da Igreja: era um mártir ainda vivo.

Ao saber que aquele homem estava tão próximo, não mediu esforços para conhecê-lo pessoalmente. Um amigo se prontificou a apresentá-lo e então foram ao quarto onde o missionário deveria estar descansando. O tão esperado encontro não foi possível naquela ocasião, pois o missionário estava de joelhos, ao pé de sua cama, a orar. Os dois resolveram voltar tão logo o missionário estivesse disponível. Imaginando que duas horas seria o razoável, retornaram aos aposentos daquele homem. Para surpresa de ambos, ele ainda permanecia na mesma posição: de joelhos a orar. André percebeu algo que lhe chamou à atenção nas duas breves visitas: em sua oração, o missionário repetia uma mesma sequência de palavras. Então, solicitou ao seu amigo, que dominava o idioma falado pelo missionário, que traduzisse para ele quais eram aquelas palavras que, a mais de duas horas, aquele homem de idade avançada proferia insistentemente.

As palavras eram as seguintes: “Senhor, eu sou frágil como o pó da terra, mas, se quiseres, ainda podes me usar.”

Ao ver a atitude daquele homem, cuja vida fora dedicada à pregação do Evangelho, totalmente rendido ao Senhor, se prontificando para a continuidade da obra para a qual foi chamado, o coração do jovem pastor André foi tomado por uma grande emoção. Um pensamento invadiu sua mente: será que estamos honrando o ministério que o Senhor nos confiou?

O que é o ministério? O ministério é algo de um valor especial, digno de honra, é uma parte da herança de um rei que nos foi confiada para administrar. O ministério não é uma ocupação ou um encargo que recebemos para cumprir num único dia ou num final de semana, vai além, é uma missão cujo cumprimento se estenderá por toda a nossa existência. O ministério deve estar em nós, fazer parte de nós. Cumprir o ministério é levar a marca de Cristo. É não se contentar em ser um “crente comum”, mas encarar com seriedade o chamado e tornar-se um “crente fora do comum”, que encarou com seriedade as palavras de Jesus que disse que faríamos coisas ainda maiores que aquelas que ele próprio havia feito. É perceber que o ministério não consiste naquilo que as pessoas pensam ou dizem ao nosso respeito, mas naquilo que o próprio Cristo nos confiou e disse a nosso respeito. É plantar no mundo espiritual, cujos frutos, ao contrário dos frutos terrenais, que se restringem a este mundo e por isso perecem, nos acompanharão na eternidade. É semear no mundo espiritual, é entesourar no céu.

Infelizmente, as batalhas, a cada dia, tem se tornado mais difíceis – e a maior delas é aquela que acontece dentro de nós mesmos –, temos olvidado o Espírito Santo, nos autolimitamos, ouvimos somente o que queremos ouvir e justificamos a nossa inércia na postura de muitos que não avançam e ficamos parados, esperando uns pelos outros, entrincheirados em nossos templos, enquanto as almas perecem na guerra lá fora, no mundo.

De fato, as palavras daquele missionário nos causa espécie. Aos 92 anos de idade ele não dá a sua missão por terminada, compreende a importância de se ter um soldado a mais no campo de batalha, e se apresenta – e insiste –  para a luta, para dar continuidade ao seu ministério.

Que possamos dar ouvidos à voz do Espírito Santo, que nos convida a estarmos a postos, prontos para cumprirmos os ministérios que recebemos do Senhor, para darmos testemunho do evangelho da graça de Deus.

Que Deus abençoe a todos.

Guaraci de Sousa Vieira

 



Por: Awilda Gonzalez Tejera
Por: Charles Spurgeon
 
 
Por: Douglas Bookman

Por: Everaldo Ferreira

Por: Jair de Sousa Vieira

Por: José A. Corrêa

Por: José Rodrigues
 
Por: Luciano Subirá

Por: Luiz Hermínio

Por: Maristela Nicaretta
 

Por: MIR 12 - Ministério Internacional da Restauração

Por: Noeme Julia

Por: Norbert Lieth
 
 Sem Assinatura
Subpáginas (26): Visualizar tudo
ĉ
Rede de Homens IBN,
11 de mar de 2012 12:04
Comments