Artigos‎ > ‎

Perigos da Desidratação

  • Cena 01: Um piloto, em um regional, girando uma térmica, bateu numa árvore e foi gravemente ferido.

  • Cena 02: Um piloto, em outro regional, tentou fazer uma passagem baixa a 110  Km/h e faleceu.
  • Cena 03: Um aluno pousa após seu primeiro vôo longo e livra a pista para bater num caminhão parado na pista de táxi.

Como é possível que acidentes como esse possam ocorrer? Você deve estar pensando que ninguém em seu juízo perfeito iria tomar decisões tão estúpidas. Mesmo assim todos os acidentes acima ocorreram nos USA. Ao mesmo tempo você está correto. Ninguém em seu juízo perfeito teria tomado essas decisões. A chave da questão é "seu juízo perfeito". Em cada um dos casos acredita-se que a desidratação tenha desempenhado um papel decisivo.

O que é desidratação? O dicionário define como sendo a perda dos líquidos do corpo. Onde esses líquidos vão? Eles deixam seu corpo através da pele. Por que? Para tentar evitar que nosso corpo superaqueça. Voando planadores você está no lugar perfeito para a desidratação acontecer. O canopi atua como uma perfeita estufa e em muitos dias mantém o interior da cabine morno, se não quente. Nós suamos para tentar evitar que superaqueçamos. Se perdermos todos os líquidos do corpo, nós super-aquecemos. Que parte do corpo é primeiramente afetada pelo superaquecimento? O cérebro. Quando o cérebro começa a superaquecer suas funções ficam comprometidas. Então você passa a tomar decisões que não tomaria em outras circunstâncias. Você passa a tomar más decisões.

O NTSB investiga todos os acidentes da aviação geral. Em mais de 80% a causa é o erro do piloto. O que é erro do piloto? Não é um problema físico como uma mão que pára de funcionar ou um piloto que ficou cego. São erros mentais. Erros de julgamento. Más decisões.

Bater na árvore, tentar uma passagem baixa a 110Km/h ou sair da pista direto para um caminhão. Não ache que isso não pode acontecer com qualquer um de nós. Os pilotos nesses exemplos eram todos pessoas inteligentes. Um era muito experiente. Cada um deles tomou decisões muito, muito estúpidas. Seus cérebros, provavelmente, não estavam funcionando muito bem. Eles não estavam em seus "juízos perfeitos". Eles estavam, provavelmente, desidratados.

Com nós evitamos a desidratação? Bebendo líquidos. Certamente há outras coisas que podem ajudar a evitar a desidratação. Roupas que cubram todo o nosso corpo. Isto é, um chapéu e uma camisa bem leve de manga comprida.

Com qual velocidade a desidratação pode começar? Isso depende de vários fatores incluindo a saúde geral do piloto. Entretanto a desidratação começa bem antes do que nós imaginamos. Uma pessoa pode começar a desidratar na primeira hora de vôo sob as condições corretas. Quando você começa a sentir sede já está a caminho da desidratação.Você deve começar a beber cedo antes do vôo e cedo durante o vôo para evitar a desidratação.

Beba líquidos! Você pode levar uma pequena e barata garrafa térmica. Você deve levar uma em todo e qualquer vôo que fizer.  Mesmo num vôo despretensioso no outono/inverno, onde você não acredita que vai voar mais que 30 mim, leve sua água, boné e óculos. Muitas vezes ele vira um vôo de 3 a 4h sob um sol de mais de 25 graus.

Beba líquidos! Todo clube deveria ter uma regra que obrigue o piloto a levar água (ou outro líquido). Saiba que Coca-Cola ,bebidas com cafeína e chá são diuréticos e fazem com que seu corpo elimine líquidos.

Finalmente o ponto complicado. Se eu bebo muita água tenho vontade de ir ao banheiro e eu já notei que não há um dentro do planador. Beber em pequenas quantidades de cada vez e constantemente pode ajudar. Existem no mercado vários produtos que podem ajudar quem não segura a vontade por muito tempo. Há vários pilotos, amigos nossos, aqui no Brasil que voam de fraldas quando sabem que o dia pode ser longo.

Lembre-se: Desidratação é um problema grave e pode até mata-lo se não levado a sério.  

Texto original de Frank Reid
Tradução e adaptação CVV-CTA