Notícias‎ > ‎

Coema da Fiems confirma participação no 1º Fórum de Educação Ambiental

postado em 2 de mai. de 2012 06:32 por Educação Ambiental - IMASUL
A Fiems, por meio do Coema (Conselho Temático Permanente de Meio Ambiente), vai participar do 1º Fórum de Educação Ambiental, que será realizado pelo Governo do Estado, de 7 a 9 de agosto, em Campo Grande (MS). A presença foi acertada nesta sexta-feira (27/04) durante reunião no Edifício Casa da Indústria entre o diretor-corporativo da Fiems, Jaime Verruck, o presidente do Coema da Fiems, Isaías Bernardini, o diretor-regional do Senai, Jesner Escandolhero, e o gerente de desenvolvimento e modernização do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul), Lourival de Paula.

Segundo Jaime Verruck, como a educação ambiental está presente no âmbito da indústria, é o momento de as empresas atentarem-se para a importância de aderir a programas e projetos de responsabilidade ambiental. “O setor industrial tem de realizar ações dessa natureza, levando em conta o fator mercadológico, pois se trata de uma exigência que atualmente já está sendo inserida na cultura do Estado. Existem empresas de todos os portes que já são referências nesse tipo de ação, inserindo atividades que demonstram a preocupação em exaltar sua responsabilidade ambiental. É uma questão de atitude e que deve ser contínuo”, afirmou.

Para o presidente do Coema da Fiems, Isaías Bernardini, a iniciativa vai ao encontro dos anseios do Conselho, que é de incentivar e transmitir às indústrias a importância em trabalhar o tema, além de destacar para toda à sociedade as ações que já vêm sendo realizadas. “Estamos conseguindo criar essa cultura em nossa região e o número de empresas que aderem essas iniciativas vem crescendo cada vez mais”, disse.

O diretor-regional do Senai, Jesner Escanolhero, garante que a entidade poderá auxiliar de maneira a divulgar os casos de sucesso de empresas e indústrias do Estado que desenvolvem esse tipo de ação ambiental. “Por meio do LabSenai Meio Ambiente, são desenvolvidas assessorias e consultorias, como o Carbono Zero, em empresas e indústrias do Estado”, explicou. Ele informa que no Senai a educação ambiental é um tema transversal trabalhado em todas as modalidades de cursos que a entidade oferece.

O gerente de desenvolvimento e modernização do Imasul, Lourival de Paula, destaca que é preciso criar uma política de educação ambiental e o Fórum também vai destacar e discutir a importância em implementar a medida e toda e qualquer empresa do Estado. “O nosso principal objetivo é atingir toda a sociedade e tornar conhecida as iniciativas dessas empresas”, frisou.

Ele informou ainda que o Fórum é uma iniciativa do Governo do Estado, por intermédio do Imasul e Secretaria Estadual de Educação, tendo apoio da UCDB e Ciea-MS (Comissão Interinstitucional de Educação Ambiental do Estado). “Será um espaço para a realização de conferências, mesas-redondas, minicursos e oficinas, além da divulgação de trabalhos, livros e publicações que visam fortalecer as políticas públicas de educação ambiental no Estado”, disse.

Comments