a espera (ou 'em exposição') (2014/ )

PROJETO INÉDITO

Estabelecimentos comerciais com placas de ‘aluga-se’ ou ‘vende-se’, ou simplesmente com portões fechados, compõem o ensaio fotográfico intitulado de A Espera, como espaços sujeitos a mudanças ou desaparecimentos, no aguardo de definições ou novos usos. Deu-se início a esse ensaio, a medida em que o ‘boom’ imobiliário tem provocado a especulação, esvaziamento e ameaça de espaços.

(imagens realizadas em São Paulo e Ribeirão Preto)

(detalhes)
dimensões: 75 x 100cm
fotografia digital
impressão sobre papel
2014