caleidoscópios humanos (2013)



A intensificação do tempo e espaço com o passar dos trens

Objetivos e características
Projeto de instalação (realizado por meio da seleção de residência artística Casa das Caldeiras - 2013) com uso de espelhos em diferentes jogos de composições (dimensões e ângulos). Construção de caleidoscópios em grandes formatos - condizentes com a especifidade do local - de forma a voltar os olhares à movimentação de trens de passageiros. Tratou-se de diminuir a barreira exterior/interior e levantar questões como a da multiplicidade e transitoriedade das imagens. Aqui, as peças espelhadas foram os homens.

Justificativa
A conformação espacial da Casa das Caldeiras (janelas voltadas paralelamente a linhas ferroviárias) foi fator decisivo para o partido do projeto Caleidoscópios humanos. O jogo de espelhos montado, para simular o jogo de infinito, encontra relação direta com a montagem de caleidoscópios tradicionais, como lembrança de brincadeiras de infância. O que parece ‘desordenado’ e ‘confuso’, encontra organização dentro de uma construção geométrica. Aqui, ganha gravidade quando assume como peças do ‘brinquedo’, o homem representado pelos passageiros de trens.
Assim, o projeto em questão foi uma forma de reflexão e valorização do imprevisível, onde os resultados só foram conferidos com a construção da instalação artística. Afinal, como se comportaram as imagens do local, uma vez refletidas num prisma de espelhos? Diferentes velocidades e capacidades de lotações variáveis - no caso do registro da linha ferroviária atrás da Casa das Caldeiras produziram imagens específicas, de ‘cores’ próprias.
2015
- Toyo Art Design. São Paulo - SP
- 1ª Temporada de Exposições MAB (Museu de Arte de Blumenau). Blumenau - SC.

2014
- Galeria Olido - Arte em Campo. São Paulo - SP
- Museu de Arte de Ribeirão Preto - Programa de Exposições. Ribeirão Preto - SP

2013
- Casa das Caldeiras - São Paulo - SP



MARP (Museu de Arte de Ribeirão Preto)


MAB (Museu de Arte de Blumenau)


catálogo MARP (clique para ampliar)
(...) bastam dois (espelhos), e um reflete o reflexo do que o outro refletiu, num tremor que se transmite em mensagem intensa e insistente “ad infinitum”, liquidez em que se pode mergulhar a mão fascinada e retirá-la escorrendo de reflexos, os reflexos dessa dura água.

Clarice Lispector


instalação, fotos e vídeo
dimensões: 0,15 x 1,50 x 0,15m
materiais: ferragens, acrílico espelhado
2013

local: Casa das Caldeiras - SP


foto cedida pelo MARP
foto acima cedida pelo MARP


local: MAB (Museu de Arte de Blumenau - SC