Início

Encerrado o processo de consulta da UFJF - 2014

Chapa 10 vence primeiro turno

A apuração dos votos de toda a UFJF ocorreu entre as 23h do dia 10/6 e às 5h do dia 11/06. O processo ocorreu de forma tranqüila e ágil.

Com 40 das 41 seções devidamente apuradas a Chapa 10 (Julio Chebli e Marcos Chein) obteve aproximadamente 59% dos votos ponderados, já a chapa 30 (Marcus David e Gilrlene) obteve aproximadamente 36%. A chapa 20 (Paulo Vilela e Hélio Francisco), 5%.

Por obter mais de 50% dos votos totais e mais de 30% nos três segmentos a chapa 10 venceu o processo de consulta no primeiro turno, de acordo com as normais eleitorais.

Ao longo do dia a comissão eleitoral irá produzir e publicar os materiais com os dados exatos e detalhados de votação, por segmento e seção, além de produzir em conjunto uma avaliação do processo eleitoral.

Posteriormente esses dados de votação serão encaminhados ao Conselho Superior da UFJF para que possa ser dado prosseguimento ao processo.


09/06/2014
Avaliação do primeiro dia do processo de consulta

A comissão vem através dessa nota avaliar o primeiro dia do processo de consulta para escolha do novo reitor. 

Como afirmamos em nota anterior e é sabido, problemas de atraso na abertura das urnas ocorreram e afetaram boa parte das seções, algo que não ficou restrito apenas a um local de votação.

Tais problemas foram gerados por diversas questões, dentre elas a necessidade de deslocamento de três equipes para abertura de urnas ao longo do campus, HU/Santa Catarina, C.A João XXIII, R.U Centro e HU/CAS/Faculdade de Medicina.  O critério inicial das rotas foi definido com o objetivo de facilitar o deslocamento dos veículos ao longo do campus. Trabalhamos inicialmente com três equipes, pois uma parte da comissão se deslocou para o Campus de Governador Valadares para conduzir o processo e apuração nas cinco seções instaladas na UFJF-GV.

Ao longo da instalação de urnas alguns problemas corriqueiros de um primeiro dia de eleição foram encontrados como, por exemplo, a necessidade de remanejo de seções para locais mais apropriados, o credenciamento de mesários e o fornecimento das devidas instruções e solução de dúvidas dos mesmos.

Alguns problemas de listas de votação foram identificados, como no caso dos discentes de Medicina, e prontamente resolvidos pela comissão. Estivemos ao longo do dia em contato com fiscais, mesários, representantes de chapa e diretores de unidade, buscando dirimir da forma mais eficiente todos os problemas. Acreditamos que cumprimos essa missão.
Além disso, todo o processo de abertura das seções foi acompanhado de perto por representantes das três chapas, que estiveram com a comissão nos veículos destinados às rotas.

A comissão ao longo do dia se reuniu com os representantes de todas as chapas com o objetivo de avaliar conjuntamente o andamento do processo, ouvir sugestões e críticas, algo feito por nós ao longo de todo processo.
As rotas de abertura de seções do segundo dia foram traçadas de forma a reverter os problemas enfrentados no primeiro dia, e seu fechamento foi devidamente debatido com os representantes das três chapas. Levamos em consideração as reivindicações de diversos setores que ao longo desse dia buscaram contato com a comissão.

Ainda que tenhamos enfrentado problemas no primeiro dia, uma votação expressiva foi verificada em todas as seções, o que nos leva crer que os problemas foram superados e ajustados ao longo do dia.

Ao longo do segundo dia trabalharemos com todos os esforços para que o processo ocorra da melhor maneira, contando com a participação de toda comunidade acadêmica, nessa que é a maior eleição da história da Universidade Federal de Juiz de Fora. E nós trabalharemos incansavelmente para que seja integralmente democrática.




Comissão Eleitoral emite nota de esclarecimento

09/06/14

Nota de Esclarecimento

 

A Comissão Eleitoral (CE) que conduz o processo de consulta à Comunidade Universitária, visando a escolha do novo Reitor da UFJF, apresenta alguns esclarecimentos sobre o 1º dia de votação do pleito de 2014.

A CE é composta pelas três entidades que representam a comunidade universitária: APESJF, Sintufejuf e DCE, as quais fornecem nossas condições de trabalho.

O atraso que se verificou neste primeiro dia foi marcado pela ampliação do número de Seções Eleitorais e a limitação de membros que a comissão dispõe para realizar a tarefa de instalar as Seções Eleitorais. Outros equívocos na montagem de Seções também são justificados pelos problemas de logística.

Por fim, o problema mais permanente, que é a presença do nome do eleitor na lista onde ele pretende votar, nos exige relembrar que a CE não emite listas eleitorais, apenas as solicitam aos órgãos competentes da UFJF, a saber Centro de Gestão do Conhecimento Operacional (CGCO) e Pro Reitoria de Recursos Humanos (Pro RH).

 

A Comissão Eleitoral

Atenção


[27/05]

Eleitores com múltiplos vínculos

Encontra-se disponível a lista de eleitores com mais de um vínculo. Aqueles que desejarem escolher o vínculo com qual votarão deverão comparecer munidos de documento, a APES, na quarta de 16h às 17h30, ou na quinta de 15h às 17h30 e comunicar sua escolha a Comissão Eleitoral.

Para acessar a lista, clique aqui.

Aqueles que não comparecerem serão incluídos nas listas de votação pelo vínculo permanente. Por exemplo: um técnico administrativo que é também estudante, caso não compareça, será considerado como técnico administrativo. Sendo assim, aqueles que desejam votar através de seu vínculo permanente, basta não comparecerem!



[15/05]

Já estão disponíveis para os representantes das chapas as cópias dos DVDs da filmagem do debate de Governador Valadares. As cópias podem ser retiradas na sede da APES, com a funcionária Denise.

Esclarecimento

As listas de votantes utilizadas pela comissão eleitoral são emitidas pela universidade através dos órgãos competentes para essa função. Conforme as normas eleitorais publicadas no início do processo de consulta, a data de emissão da lista tem como limite de registro o dia 9 de maio. Sendo assim, eventuais ausências na lista se explicam pela ausência de matrícula no período delimitado. A comissão, portanto, não controla as listas, fora desses limites.

[05/06]

Publicada a lista de votantes discentes, confira AQUI.

A lista de votantes de Ensino Médio do C.A João XXIII pode ser conferida AQUI, e a de alunos do EJA, AQUI.

A lista de votantes das residências multiprofissionais encontra-se AQUI.

Obs.: A lista de votantes das residências médicas será publicada amanhã.

[04/06]

Estão disponíveis as listas de votantes de docentes e TAEs. A lista de votantes discentes será divulgada amanhã devido o volume de dados que precisou ser compilado. Contamos com a compreensão de toda a comunidade acadêmica.

Acesse a lista de TAEs, clicando AQUI.

Acesse a lista de docentes, clicando AQUI.

[02/06]

ATENÇÃO - LISTA DE SEÇÕES ATUALIZADA EM 06/06

Está disponível a lista das seções eleitorais com a respectiva localização de cada. Para acessar a lista, clique AQUI.

Obs.: A lista passou por uma retificação. Por um erro de digitação não havia figurado anteriormente a seção 32 (discentes), na Faculdade de Medicina. A atual seção 36 estava sem a graduação em Serviço Social. E foi incluída a seção de docentes do ICE.


Comissão aprova regimento interno

Os membros da comissão eleitoral aprovaram nessa terça-feira, dia 15 de abril de 2014, o regimento interno que regula o funcionamento da comissão. A CE agora trabalha na elaboração do calendário eleitoral, parte das normas do processo de consulta. O regimento encontra-se disponível na seção de documentos, logo abaixo.


[16/04] 

A Comissão Eleitoral se reunirá na semana que vem, na terça,  para dar prosseguimento aos trabalhos. Em breve novas informações sobre o processo de consulta de 2014. Dúvida e informações através da seção "Fale Conosco", logo abaixo.


[23/04]

Comissão Eleitoral publica normas regulamentadoras das eleições e edital. Ambos documentos podem ser baixados na íntegra na seção "documentos", no rodapé dessa página ou clicando aqui. Está disponível também o modelo de ficha de inscrição.

[29/04]

A comissão eleitoral aprovou resolução que permite às chapas que nomeiem dois representantes junto à mesma. Tal indicação deve ser feita no ato de inscrição da chapa. A resolução encontra-se na seção "resoluções".

Comissão aprova resolução sobre divulgação de pesquisas eleitorais

A comissão eleitoral, aprovou resolução que visa esclarecer, com base nas normas eleitorais, regras para utilização de resultados de pesquisas. A resolução pode ser lida aqui.

Chapas deferidas na eleição para Reitoria 2014

Chapa 10 - Viver a Nova Universidade
Reitor - Júlio Maria Fonseca Chebli
Vice - Marcos Vinício Chein Feres

Chapa 20 -Paixão pela UFJF
Reitor - Paulo Roberto de Castro Villela
Vice - Hélio Francisco da Silva 

Chapa 30 - Reunir a UFJF
Reitor - Marcos Vinícius David 
Vice - Girlene Alves da Silva 

Calendário de debates

1° debate (13/05 – 16h): UFJF Governador Valadares 
2° debate (20/05 – 8h): Anfiteatro da Engenharia
3° debate (21/05 – 18h): H.U (Unidade Santa Catarina)
4° debate (29/05 – 18H): Anfiteatro Estudos Sociais
5° debate (05/06 – 8h): Anfiteatro do ICB

As regras dos debates foram aprovadas em comum acordo com os representantes das três chapas e podem ser lidas aqui. Também estão disponíveis para download na seção "documentos".


Sobre o critério de escolha de pólos para a votação dos alunos da modalidade de ensino a distância da UFJF

A Comissão Eleitoral desde sua instalação atua pautada na busca pela realização de um processo democrático de consulta à comunidade acadêmica da Universidade Federal de Juiz de Fora, respeitando todos os princípios básicos dessa conquista de nossa universidade. 

A Comissão entende que a ela foi delegada pelo CONSU a tarefa de realizar o processo de consulta se valendo dos moldes da consulta anterior. Ou seja, através do voto presencial em urnas. Não foi definido a essa comissão alterar o regime de votação. Entendemos que a tecnologia pode ser fundamental na democracia, mas esse processo de adoção precisa ser amplamente debatido e pactuado ao longo dos próximos anos, de forma sistemática e aberta por toda comunidade acadêmica, e não apenas por poucos às vésperas do processo eleitoral. 

Ao definirmos pólos para a instalação de urnas foram usados critérios objetivos: a experiência de votação nos pólos definidos na última eleição, número de alunos por pólo, distância do pólo para Juiz de Fora e distância do mesmo para os demais pólos. A agregação de pólos se dá pelo fato de que seria impossível, tendo em vista as condições logísticas, instalar urnas nos mais de 50 pólos da UFJF, espalhados pelo país.

Compreendemos que qualquer critério nesse momento pode gerar distorções tendo em vista a dimensão da modalidade da educação a distância da UFJF, porém reafirmamos que os critérios usados foram na busca de ampliar e não reduzir a participação dos alunos de Ead.