Saúde

Secretária de Saúde de Cabedelo participa de Encontro estadual


Um dos desafios para qualquer administração pública, é a saúde. Todo gestor deve pensar no gerenciamento para melhorar a vida da população. Para discutir o assunto, gestores de várias cidades participam do I Encontro de Acolhimento aos Prefeitos e Secretários Municipais de Saúde da Paraíba.

Durante os dias 17 e 18, prefeitos e secretários da nova gestão pública foram buscar esclarecimentos sobre a importância da captação e aplicação dos recursos federais no setor de saúde.

Segundo a secretária de Saúde de Cabedelo, Magda Cecília Cardoso Freire, alguns gestores se depararam com uma situação crítica. “Em Cabedelo, de imediato o prefeito decretou situação de emergência nas secretarias. A nossa, de Saúde, as condições são péssimas. Veículos sucateados, equipamentos danificados”, frisou.

Para a secretária, esse encontro além de buscar alternativas para a área, também é uma oportunidade de trocar experiência com outras administrações.

A coordenadora Geral da Fundação Solidariedade, Núbia Gonçalves, destacou a importância de direcionar políticas públicas aos objetivos do milênio. “Vamos disponibilizar ferramentas para os gestores, saber o que cada prefeito pretende fazer no setor e criar nos municípios um Nós Podemos Paraíba”.

A presidente do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde da Paraíba (COMSEMS/PB), Roseana Meira, entende que “quanto mais bem informado o gestor, mais capacitado ele estará para melhorar o setor”.

Roseana Meira acredita que a área de saúde deve ser “protegida de uso político e ter autonomia”, objetivando avançar na aplicação dos recursos.

Com relação a situação do setor de saúde em Cabedelo, a presidente do COMSEMS/PB disse que a cidade tem potencialidades de encher os olhos de qualquer gestor e que acredita em medidas que venham sanar os problemas.

SECOM - Cabedelo

Paraíba Urgente entrevista o elaborador do projeto do CERISAP-JP

O portal Paraíba Urgente, entrevistou, com exclusividade, o responsável pela elaboração do projeto do CERISAP (Centro de Reabilitação Integrado em Saúde e Apoio Psicopedagógico, de João Pessoa), o Antônio Vieira, popularmente conhecido por Tony.

Confira a entrevista:

PARAÍBA URGENTE: o que é o CERISAP?

TONY: CERISAP – Centro de Reabilitação Integrado em Saúde e Apoio Psicopedagógico.

É uma Instituição Filantrópica em Saúde Comunitária – ONG (Já prontinha para se tornar uma OSCIP, que é uma ONG dentro dos padrões da Lei vigente, que preza pela Ética e Transparência em todas as suas Ações Administrativas/Sociais/Fiscais e Financeiras).

Atenderemos GRATUITAMENTE:

Crianças, Adolescentes, Gestantes, Adultos, Idosos, Pessoas Especiais e/ou com Mobilidade Reduzida (Sequelados por acidentes).

PARAÍBA URGENTE: como funcionará os atendimentos?

TONY: atenderemos com consultas Pré-AGENDADAS, em Reabilitações de Média e Alta complexidade, em uma Sede Pólo, de Segunda a Sexta, das 07h30 ás 17h30.

Bem, estamos em fase final de implantação deste Projeto Socialem Saúde Comunitária.

PARAÍBA URGENTE: quem serão os beneficiados com o CERISAP?

TONY: os beneficiados serão todas as famílias carentes da grande João Pessoa, e também apta a receber pessoas de cidades vizinhas, onde serão disponibilizados atendimentos específicos, para tratamento e Reabilitação, sejam elas em média e alta complexidade.

Já temos uma equipe com 40 Profissionais, em diversas áreas de Saúde como:
Assistentes Sociais;
Psicólogos;
Fisioterapeutas;
Fonoaudiólogos;
Nutricionistas;
Pedagogos (Formados);
Psicopedagogos;
Terapeuta Ocupacional;
Educadores Físicos (Voltados para a 3ª idade/Idosos carentes, como também para Adultos);
Professoras de Artesanato (Para as oficinas artesanais de inclusão do Paciente/sua Família, podendo gerar renda para os mesmo, ajudando-os em seu sustento);
Pedagogo em Artes (Formado pela UFPB), para Terapias artísticas, levando a arte como instrumento de ressocialização para as crianças, adolescentes e adultos;
Enfermeira (Voltada para o campo Social);
Médicos: Psiquiatra, Neurologista, Reumatologista e Ortopedista;
E uma equipe de Apoio Administrativo.

PARAÍBA URGENTE: quais os dias e horários de atendimento?

TONY: não queremos ser apenas mais uma, mais sim, uma Unidade de ajuda diferente de muitas, queremos atuar diretamente, com ações reais e constantes e será disponibilizado um Pólo para atendimentos de Seg. à Sexta, das 07h30 ás 17h30.

E nos Fins de Semanas, levaremos nosso trabalho com Ações Sociais Externas, para diversos Bairros da grande João Pessoa (Todo Fim de Semana em um bairro diferente), através de parcerias que buscaremos fazer, visando viabilizar este conjunto de Ações.

PARAÍBA URGENTE: como o projeto foi apresentado?

TONY: o Projeto foi apresentado, por um Deputado Federal de João Pessoa, já que o mesmo levou pessoalmente o Projeto para apreciação em Brasília-DF, na qual, foi aprovadíssimo, com Louvor e sem Ressalvas (Sem erros), pelo conjunto de Ações, e por estar dentro do que rege as Leis do 3° Setor (Ong’s e OSCIP’s), pela lisura a que se propõe, com total Transparência ADM/FINANCEIRA/Fiscal, que será imposta e colocada em prática de forma imediata.

Sendo considerado um Projeto a nível Nacional, podendo ser implantado em qualquer lugar do país, e foi aprovado, podendo captar convênios e recursos Federais. É nosso, é 100% Paraibano. Está pronto para implantação e funcionamento.

Obs. Porém, o que mais me deixou chateado, foi à falta de compromisso que nossos Parlamentares/Políticos locais (Alguns que já tiveram acesso ao a leitura do Projeto) têm com o Povo carente, não se movem, acredito eu, que esta inércia esteja ligada com o descaso, com a mais profunda falta de humildade com o semelhante carente, falta de humanidade, etc., porque este Projeto poderá dar uma ajuda importante nos Problemas da Saúde como uns todos, como podemos perceber claramente, indo aos Postos de Saúde nos Bairros, e nos Hospitais espalhados pela cidade, onde faltam Profissionais específicas, como: Nutricionista, Fisioterapeutas, Fonoaudiólogos, Terapeuta Ocupacional, etc.

PARAÍBA URGENTE: quais os benefícios que a CERISAP trará para os bairros?

TONY:

COMÉRCIO LOCAL

O Projeto visa ajudar o comércio local do bairro onde será implantado, porque buscaremos parcerias entre a CERISAP – Centro de Reabilitação Integrado em Saúde e Apoio Psicopedagógico.

Vamos reunir os pequenos e grandes comerciantes do bairro, e sugerir a todos, que dêem descontos para os pacientes assistidos, em troca terão muito mais vendas em seus negócios, com a procura pela promoção, e movimentando o comercio local do bairro, todos crescem, haja vista, que a demanda de paciente na CERISAP, será enorme, o nosso Centro de Reabilitação, estimamos que possamos ter uma demanda com cerca de 12.000 pessoas/ por ano, (podendo este número aumentar, conforme forem chegando os recursos de convênios formulados, para a ampliação de toda a estrutura do Projeto da CERISAP).

GERANDO EMPREGOS DIRETOS

Além disso, gera empregos diretos, com carteira assinada, tudo dentro da Lei trabalhista,falamos em 40 Profissionais, pais de Família, que trabalharão, para dar condições dignas de um atendimento ao paciente, com: profissionalismo, dedicação, respeito e dignidade a todos.

Já iniciamos contatos com algumas Instituições de Ensino Superior/Faculdades em João Pessoa, buscando futuras parcerias, proporcionando aos seus alunos, Estágios supervisionados, nas diversas áreas em que atuaremos.

VÁRIOS PROFISSIONAIS ATENDENDO EM UM SÓ LOCAL.

Todos os Profissionais de Saúde necessários para uma completa Reabilitação, e de forma GRATUITA para os pacientes, e reunidos num só local, isso evita gastos com vários transportes, indo de um lugar a outro, para marcar consultas e retornar posteriormente, ou tempo perdido com os constantes deslocamentos excessivos, em busca de locais para seus tratamentos (Uma peregrinação constante hoje em dia).

COMO ATENDEREMOS O PACIENTE?

Será feito inicialmente uma triagem, e sendo detectado algum tipo de problema o paciente será encaminhado (a) para o Profissional competente ao seu caso, e após avaliação clínica do Profissional, será agendado o (s) dia (s) de atendimento (s) a este paciente, até sua total Reabilitação.

Obs: Atendendo os pacientes por Agendamentos, evitam-se tumultos no local, gastos desnecessários com passagens e tempo de espera. Buscamos um atendimento humanizado, com ética, respeito e profissionalismo.

CRIAÇÃO DO CENTRO DE APOIO PSICOPEDAGÓGICO

Será destinado ao atendimento de alunos com dificuldades de Aprendizagem escolar,super ativos, com problemas de relacionamento em Família/em Sala de Aula e/ou com seus Professores. Será oferecido todo um acompanhamento deste Aluno, com uma equipe composta por: Pedagogo, Psicopedagogo, Terapeuta Ocupacional, Psicólogo, outros Profissionais que se fizerem necessários, buscando tratar e Reabilitar o Aluno/paciente, para sua ressocialização seja na Escola, na Família, ouem sua Comunidade. Reabilitações assim, ajudam o Aluno como cidadão, ajuda a Escola em sua formação, ajuda a Família no trato do dia a dia, enfim, o paciente poderá compreender e valorizar a relação com as outras pessoas, como forma de ressocialização e respeito mutuo, para um futuro melhor na sua vida. Acredito que não temos muitos Centros de Apoio Pedagógicos como estes, disponíveis para pessoas carentesem nossa Cidade.

Obs: Não devemos desistir de nossos filhos, jamais, e sim, procurar ajuda quando necessário, permitindo-lhe uma melhor qualidade de vida.

INCLUSÃO SOCIAL DA FAMÍLIA, E UMA GERAÇÃO DE RENDA

Além de atender o paciente, a CERISAP Saúde Comunitária, dará acompanhará a Família do paciente, dando-lhes atenção especial, trazendo-os para a nossa Instituição, onde participarão de reuniões, palestras, etc., onde serão DEVIDAMENTE orientados, e caso necessitem, poderão ser encaminhados para buscar alguma ajuda em diversos programas sociais do Governo. Poderão aprender uma atividade que lhes garantam uma renda extra, ajudando-os em seu sustento em casa, em uma das várias opções de Oficinas de Artesanato que iremos disponibilizar para as Famílias e os Pacientes atendidos, buscando sua ressocialização na Comunidade.

A CERISAP irá criar um Bazar quinzenal (Será debatido com todos), para que possam expor e vender as peças feitas por eles, dentro da própria Comunidade e/ou participando diretamente das Ações Sociais Externas pelos bairros nos Fins de Semana, expondo seus trabalhos, (INCLUSÃO SOCIAL direta). Ações assim, permitirá as Famílias carentes uma melhor qualidade de vida.

A EDUCAÇÃO, A ARTE E O ESPORTE COMO FERRAMENTAS FUNDAMENTAIS PARA SE BUSCAR/RESGATAR A ESTRUTURA FAMILIAR.

Através das Oficinas de Artes ou de Artesanatos, incentivos as práticas esportivas saudáveis, será possível ajudar no combate, a um “futuro” desvio de conduta, já que muitos jovens, que foram por um caminho ruim, não tenham tido reais opções em suas vidas, e vendo o descaso com suas Famílias, podem ter ajudado a esta desigualdade social, e acredito, tratando-os (A Família como um todo) de forma preventiva, poderemos dá uma resposta positiva junto a Sociedade, em busca de uma vida com mais dignidade e respeito.

CAMINHOS PARA NOVAS AÇÕES SEMELHANTES, POR PARTE DOS POLÍTICOS E GOVERNOS LOCAIS.

Com o conjunto de Ações que estamos aqui propondo para atuar num Bairro da Capital, e vendo resultados frutíferos no Projeto da CERISAP, esperamos que isso possa ser um espelho, para que os Parlamentares e os Governos locais (Vereadores, Deputados, Prefeito e Governador), possam de fato acordar para problemas graves como estes da Saúde, e que estão expostos diariamente em cada canto da nossa cidade. Precisamos lutar e defender com mais garra soluções reais, diretas e constantes, o que infelizmente até agora, as ações impostas por eles, estão além do esperado (funcionam por um tempo, e caem no descaso, como todos nós sabemos).

DIVULGAÇÕES SOCIAIS E CULTURAIS nos bairros

Divulgaremos todas as nossas Ações Sociais, levando ao conhecimento de toda a População, todo o trabalho Filantrópico da CERISAP, onde muitas vezes, as Famílias carentes, e sem planos de saúde, não possuem tantas opções para buscar um tratamento GRATUITO digno, para alguns de seus entes queridos, o que muitas vezes, causam revoltas dentro do eixo Familiar, gerando desgastes comportamentais em algum membro (podendo haver desvios de conduta), e esta é uma clara realidade nos dias de hoje, precisamos evitar isso, buscando mecanismos sociais, já que todos nós da Sociedade como um todo, temos um parcela nesta responsabilidade Social.

FINALIZANDO

Além dos Atendimentos em Saúde e Reabilitação, de palestras sócias educativas, Ações Sociais externas, encaminhamentos diretos para outros Centros de atendimentos mais específicos no Estado, caso necessitem, das Visitas Domiciliares, das Festas beneficentes realizadas pela Instituição, entre outras Ações que serão criadas posteriormente.

Este é um pouco do trabalho que estamos propondo, e como atuaremos em benefícios das Famílias de uma maneira geral.

Espero que vocês tenham entendido um pouco da proposta deste Projeto da CERISAP Saúde Comunitária.

PARAÍBA URGENTE: obrigado Tony e o espaço está aberto para que você possa fazer suas considerações finais.

TONY: queremos agradecer a essa importante oportunidade que o Paraíba Urgente está nos dando e dizer que a partir de Dezembro desse ano estaremos chegando com força total. Obrigado

CONTATOS:

Nome: Antônio Vieira (Tony) – Responsável pela elaboração do Projeto da CERISAP

Fone: (83) 8600-2225

E-mail pessoal: anthony.com.jp@hotmail.com

MSN: anthony.com.jp@hotmail.com

E-mail: cerisap@hotmail.com

Twitter: @Tonyjppb

Facebook 1: Cerisap Saúde Comunitária

Facebook 2: Cerisap Saúde Comunitaria (Sem acentuar a palavra Comunitaria).

Bruno de Lima, do Paraíba Urgente

Descoberta abre caminho para detectar câncer antes de ele 'aparecer'
Pesquisa em ratos descobriu proteína que pode permitir exame único para diagnosticar vários tipos de tumor.
Câncer (Foto: BBC)

Cientistas britânicos descobriram uma proteína presente em muitos tipos de câncer que, no futuro, poderia levar a um exame único capaz de detectar várias formas da doença. O sistema também poderia ser usado para calcular doses precisas de radioterapia.

O grupo do Instituto Gray de Oncologia e Biologia da Radiação relatou ao Instituto Nacional de Pesquisa de Câncer da Grã-Bretanha ter identificado câncer de mama em ratos semanas antes de um caroço inicial ser detectado.

A mesma proteína, chamada gamma-H2AX, é encontrada em tumores de pulmão, pele, rins e bexiga, e é produzida como uma reação do organismo ao DNA danificado.
Acender a luz, tomar banho e fazer exercício de manhã ajudam a acordar
Especialistas deram dicas para se adaptar melhor ao horário de verão.
Dois hormônios, a melatonina e a leptina, regulam o sono e a fome à noite.


Ter preguiça ao levantar da cama, principalmente nos quatro meses de horário de verão, é um problema que atinge muitos brasileiros. As pessoas ficam enrolando na cama e colocando o despertador no modo "soneca" para dormir mais 5 minutinhos, até serem obrigadas a despertar.

Segundo o especialista em biologia do sono Marco Túlio de Mello e os endocrinologistas Alfredo Halpern e Bruno Halpern, adotar alguns hábitos pode ajudar a ter mais disposição para dormir e também para acordar. Uma boa forma de levantar com mais energia é abrir as cortinas ou acender as luzes, tomar um banho e fazer atividade física de manhã. Saiba mais
Cirurgia de implante cardíaco que se dissolve é transmitida de SP aos EUA
Novo 'stent' para desobstruir artérias é absorvido pelo corpo em até 2 anos.
Material é testado no Brasil e pode entrar no mercado em breve, diz médico.

Stent implante coração (Foto: Abbott/Divulgação)
O Instituto Dante Pazzanese, em São Paulo, transmite na tarde desta quarta-feira (24), via satélite, uma cirurgia de um paciente de 33 anos que vai receber um implante (stent) bioabsorvível para desobstruir as artérias do coração e restaurar o fluxo sanguíneo. Cerca de 13 mil médicos que se reúnem em um congresso em Miami, nos EUA, vão poder assistir à operação em tempo real.

Segundo o diretor de cardiologia invasiva do instituto, Alexandre Abizaid, esse é o primeiro procedimento do tipo a envolver uma artéria principal – até então, o método era feito apenas nas secundárias. "Não precisa abrir o peito. Um cateter entra pela virilha ou pelo braço e chega até o coração", explica o diretor.

Dez médicos de uma equipe multidisciplinar serão envolvidos nessa cirurgia e em outras seis, que devem ser feitas ainda nesta quarta e transmitidas aos EUA. Além do homem de 33 anos, outros dois pacientes que já têm os stents vão passar por uma reavaliação, e mais cinco pessoas passarão por outros tipos de operação cardiovascular. Saiba mais
Conselho proíbe médicos do país de aplicar terapia antienvelhecimento
Tratamento com hormônios, vitaminas e antioxidantes não teria resultado.
CFM permite uso de substâncias em caso de deficiência diagnosticada.

Resolução do Conselho Federal de Medicina (CFM) publicada nesta sexta-feira (19) no Diário Oficial da União proíbe aos médicos do país a indicação e a aplicação dos chamados tratamentos antienvelhecimento, que usam hormônios, antioxidantes ou vitaminas, sob risco de cassação da licença do profissional.

O uso dessas substâncias permanece permitido no tratamento de problemas de saúde em que a aplicação delas tenha eficácia comprovada pela ciência. Não é o caso dos métodos de rejuvenescimento agora proibidos, que foram, inclusive, relacionados com casos de câncer e alterações hormonais graves, segundo informa Elisa Franco de Assis Costa, membro da Câmara Técnica de Geriatria do CFM.

A partir da publicação, profissionais ficam impedidos de oferecer tratamentos antienvelhecimento com a substância EDTA (etilenodiaminatetraacetico), classificada como "quelante", que promete quebrar o efeito de minerais como ferro, cálcio e alumínio que se acumulam no organismo, ou com o DHEA (dehidroepiandrosterona), um propulsor hormonal que reduziria marcas da idade.

Também fica vedada a aplicação do hormônio do crescimento e a indicação de ingestão de antioxidantes como gincobiloba, vitaminas C e E, para tratamentos rejuvenescedores.

“Há alguns anos esses tratamentos vêm se proliferando pelo Brasil. Isso explora a ilusão humana. Depois de analisarmos vários estudos relacionados ao tratamento antienvelhecimento, o conselho viu que não há comprovação de resultados positivos do uso de hormônios, antioxidantes, vitaminas, além da trocaína (um anestésico aplicado na veia para rejuvenescimento)”, explica a profissional. Veja mais
Queijo branco é um dos líderes de concentração de sódio, aponta Anvisa
Estudo com 500 amostras de 26 alimentos foi feito em 14 estados e no DF.
Queijo parmesão, macarrão e biscoito de polvilho também são destaque.


Um estudo divulgado nesta terça-feira (16) pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) revela que o brasileiro está consumindo muito mais sódio que o recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que é de 2 gramas por dia.

No topo do ranking, aparecem "vilões" aparentemente inocentes, como o queijo minas frescal, com uma concentração média de 505 mg de sódio por porção de 100 gramas – um quarto do total indicado.

A pesquisa foi feita em 14 estados, mais o Distrito Federal, com base em quase 500 amostras de 26 categorias de alimentos coletados entre 2010 e 2011. Saiba mais

O segredo da longevidade

Walcyr Carrasco (Foto: reprodução)
Adoro ovo. Frito com a gema bem mole, para molhar o pão. Cozido, na salada. Em omeletes. Batido com açúcar, na gemada. Durante anos, senti remorso cada vez que comia um. Tantos artigos o acusavam de ser um vilão para a saúde! Há algum tempo, tudo mudou. Estudos feitos nos Estados Unidos demonstraram que seu consumo é benéfico. Uma das pesquisas afirmou que dois ovos por dia não aumentam o colesterol! Que raiva! E as omeletes que perdi? Passei a duvidar dos alertas sobre certos alimentos. A carne vermelha vive sob suspeita. Conheço muita gente que se recusa a comer um filé porque “faz mal”. Quando peço explicação mais detalhada, a pessoa revida falando que é muito pesada. Ou que as vacas sofrem. Em certos círculos, comer carne vermelha é até feio. Suspeito que, num futuro próximo, os carnívoros serão tão estigmatizados quanto os fumantes. É uma influência do vegetarianismo. Costumo comentar quando almoço com alguém intransigente:

– Foi provado que as plantas também sentem. Brócolis não gritam ao ser cozidos?
Frangos, afirmam, são criados à base de hormônio. Só podem fazer mal. É preciso ter cuidado com alimentos transgênicos, também. Não se sabe o que podem causar ao corpo humano. Enfim, a relação dos perigos alimentares é imensa. Passa pelo sorvete, pela batatinha frita e pelo refrigerante, como se fosse possível sobreviver sem eles. A única forma de garantir a longevidade, pelo menos dos ratos testados nesse determinado experimento, é comer o mínimo. É contraditório. Se eu vivesse em eterno regime morreria de tristeza.

Acredito nos pesquisadores de alimentos, médicos, nutricionistas. Mas fico pensando. Minha avó paterna, Rosa, era uma simples imigrante espanhola. Trabalhou na terra. Criou porcos, galinhas e cabritos. E comeu todos eles. Teve uma vida longa e saudável – morreu quase aos 90 anos. A mãe de meu amigo Vicente come churrasco, não dispensa uma feijoada e uma caipirinha. Já vai virar os 90 e ainda viaja todos o fins de semana. Certa vez comentei com ele:– Se sua mãe fosse tibetana, já estaria rica com um livro tipo A dieta mística do bacon.

Já conheci vários idosos que passaram a vida comendo ovo frito, bolo feito com banha de porco e torresmo. E outros que tremiam de horror diante de um bife, seguiam uma dieta repleta de restrições e adoeceram gravemente muito cedo. Não sou médico nem nutricionista. É simplesmente minha observação sobre a vida. Estive uma vez em Veranópolis, na Serra Gaúcha. É a capital nacional da longevidade. Pais com mais de 100 anos convivem com filhos de 80. Não há uma dieta especial. Tomam, sim, muito vinho produzido na região. De resto, aproveitei para encher a barriga com um doce típico de todo o Sul: cueca virada. São rosquinhas fritas na banha de porco e polvilhadas com açúcar. Uma bomba de colesterol. Então, por que seus habitantes estão tão bem?

Tenho um acupunturista, Alberto, de origem oriental, que é supercioso quanto ao que se come ou não. Falar em leitão pururuca na sua frente é igual a dizer palavrão. Quando estive no Japão, há dois anos, descobri que Okinawa, de onde veio sua família, é um dos lugares com maior longevidade do mundo. Muitos estudos têm sido realizados para decifrar os segredos de seus habitantes, que ainda andam de bicicleta aos 120 anos. Bem, a dieta local tem muito peixe. E... carne de porco!

Quando toquei no tema com Alberto, ele me mostrou um livro enorme, em inglês. Era um estudo sobre a Dieta de Okinawa. Observei os gráficos de alimentação. Carne de porco, sim. E muita! “Mas você vive me alertando que carne de porco faz mal!”, disse eu. “Os estudos ainda não são conclusivos”, respondeu ele. Em seguida, me mandou deitar. Mantive um prudente silêncio enquanto me espetava com as agulhas.

O segredo da longevidade não pode estar numa simples relação de alimentos. No Cáucaso, não se vive muito também, com uma dieta à base de uma espécie de leite fermentado? O que há em comum entre Okinawa, o Cáucaso e Veranópolis?

Só pode ser o estilo de vida. São lugares onde as pessoas passam a existência mais calmamente, com tempo para se relacionar e desfrutar a vida na comunidade. Sem excessos: comer bem é uma coisa, sair rolando da mesa é outra. Viver sob o jugo de “dietas saudáveis” talvez seja mais perigoso que desfrutar os prazeres da mesa, sem medo de ser feliz. Humm... daqui a pouco vou me acabar numa feijoada! E, agora, sem remorso. Saiba mais


Brasileiros ficam entusiasmados com vacina cubana contra câncer de pulmão

Produto é capaz de inibir o crescimento do tumor
Sugestão de Welington Brito


Cuba registrou a primeira vacina terapêutica contra o câncer de pulmão nesta semana, após testar sua eficácia em mais de 1.000 pacientes. Não foram registrados efeitos colaterais.

A vacina nomeada CimaVax EGF foi criada após mais de 15 anos de pesquisas. A chefe do projeto, Gisela González, do Centro de Imunologia Molecular de Havana, explicou que a vacina oferece a possibilidade de transformar o câncer avançado em uma "doença crônica controlável".

O registro permite usar a vacina maciçamente no país e "atualmente ele avança para outras nações", disse a especialista.

- A vacina é baseada em uma proteína que todos temos e que está relacionada com os processos de proliferação celular. Quando há câncer, [essa proteína] está descontrolada.

Gisela explica que foi preciso elaborar uma vacina que produzisse anticorpos contra essa proteína, que já é própria do organismo.

A vacina é aplicada no momento em que o paciente conclui a terapia com radioterapia e quimioterapia. Ela ajuda a controlar o crescimento do tumor sem causar toxicidade, explica a pesquisadora.

Assista ao vídeo


Higienização correta dos utensílios de cozinha previne contaminações

Tábuas, potes e buchas podem ter restos de comida e acumular bactérias.
É preciso prestar atenção nas fissuras e, se for o caso, trocar o utensílio.

Bem Estar - Infográfico dá dicas para manter a higiene na cozinha (Foto: Arte/G1)

Para limpar alimentos e utensílios, os médicos recomendam usar uma colher de água sanitária ou hipoclorito de sódio para cada litro de água. Mas além da limpeza, é importante também observar o estado de conservação dos objetos.

No caso das tábuas, as fissuras são sinais de alerta porque são ambientes propícios para o acúmulo de restos de comida, que servem de alimento para as bactérias. Nesses casos, a higiene é ainda mais importante, mas o ideal mesmo é que a pessoa compre uma tábua nova. Saiba mais

Pesquisa aponta processo mais rápido para produzir vacina de gripe
Método dispensa culturas de células ou ovos, que hoje são essenciais.
Medicamento foi testado com sucesso em camundongos, porcos e furões.

Quase 20 mil sorocabanos são imunizados contra a gripe (Foto: Divulgação / Prefeitura de Sorocaba)
Uma nova vacina contra a gripe, desenvolvida com um processo mais simples e rápido que o atual, foi testada com bons resultados em animais, de acordo com pesquisa publicada neste domingo (25) pela revista científica “Nature”.

As vacinas atuais são produzidas em culturas de células em laboratório ou a partir de ovos de galinha. A nova vacina desenvolvida pela equipe de Lothar Stitz, do Instituto Friedrich Loeffler, em Greifswald, na Alemanha, usa apenas um material conhecido como RNA mensageiro, que leva informações genéticas do vírus.

Com a nova técnica, fica mais rápido produzir vacinas em larga escala. Além disso, é mais fácil fazer as alterações necessárias para adaptar a vacina a eventuais novos subtipos do vírus da gripe que possam surgir, e que representam o maior potencial de origem de epidemias fatais. Saiba mais
Cientistas britânicos criam exame barato para detectar câncer e Aids
Protótipo de teste detecta vírus até em pequena quantidade no corpo e sinais de câncer.
Exame de sangue rápido e barato detecta a presença de vírus e doenças (Foto: Getty Images/BBC)

Pesquisadores britânicos desenvolveram um novo exame mais barato que pode detectar diferentes vírus e também alguns tipos de câncer.

O exame ainda é um protótipo e revela a presença de uma doença ou de um vírus -- mesmo em pequena quantidade no corpo -- usando um sistema de cores. Um químico desenvolvido pelos cientistas muda de cor quando entra em contato com o sangue do paciente.

Se um determinado componente da doença ou vírus estiver presente, o reagente químico fica azul. Caso não haja doença ou vírus, o líquido fica vermelho.

A pesquisa do Imperial College de Londres foi divulgada na revista especializada "Nature Nanotechnology".

HIV e câncer de próstata
Molly Stevens, do Imperial College, disse à BBC que o novo método "deve ser usado quando a presença de uma molécula-alvo em uma concentração ultrabaixa possa melhorar o diagnóstico da doença". Saiba mais
Vírus do HPV e da hepatite podem causar câncer, mas têm prevenção
Usar camisinha e não compartilhar objetos cortantes evitam doenças.
Vacina contra o HPV está na rede privada e contra a hepatite B, no SUS.

Casos de câncer na família são cada vez mais comuns. Cerca de 15% dessa doença costuma ter origem viral, como tumores de cabeça e pescoço, colo do útero, canal anal, vagina, pênis, fígado e sistema linfático (linfomas).

Na região Norte do país, por exemplo, a causa mais comum de morte por câncer altualmente é no colo do útero. E muitas vezes o problema é provocado pelo vírus do papiloma humano (HPV), transmitido principalmente por relações sexuais sem camisinha.

Além da proteção com o preservativo, existe vacina contra o HPV – apenas na rede privada, pois o Sistema Único de Saúde (SUS) ainda não oferece as doses. Segundo o ginecologista José Bento, existem dois tipos de vacina: a bivalente (contra os vírus 16 e 18) e quadrivalente (6, 11, 16 e 18). A primeira custa R$ 1.000 e a segunda, R$ 1.200, e ambas são aplicadas em três doses. Saiba mais
Governo passa a distribuir remédios contra a asma
Três medicamentos contra a doença foram incluídos em lista de gratuidade.
Até 800 mil pacientes, dos quais muitas crianças, devem ser beneficiados
A partir desta segunda-feira (4), o Ministério da Saúde passa a distribuir gratuitamente remédios contra a asma nas farmácias populares de todo o país. A medida foi publicada pelo Diário Oficial da União.

Os medicamentos disponibilizados são o brometo de ipratrópio, o dirpoprionato de beclometasona e o sulfato de salbutamol. Segundo o Ministério da Saúde, até 800 mil pacientes por ano devem ser beneficiados.

A iniciativa faz parte do programa Brasil Carinhoso, implementado para auxiliar crianças pobres com até 6 anos de idade – a faixa etária é a mais vulnerável à asma.

A distribuição se dará de modo semelhante ao que acontece com os remédios para hipertensão arterial e diabetes – 11 medicamentos contra essas doenças já são fornecidos pelo governo. Para retirá-los, é preciso levar documento com foto, CPF e receita médica.

Segundo o Ministério da Saúde, a venda de medicamentos para a asma foi a que mais cresceu ao longo do último ano, e por isso eles foram incluídos na lista de remédios gratuitos. G1
30 05 12
Pesquisa feita no RJ traz avanço no combate à tuberculose
É possível reduzir a transmissão com foco em áreas específicas.
Bactéria se propaga mais facilmente em locais pequenos e pouco arejados.

Um modelo matemático elaborado no Rio de Janeiro pode significar um avanço importante no combate à tuberculose não apenas na cidade, mas em todo o mundo. O estudo, feito em parceria pela Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil do Rio de Janeiro e a Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, foi publicado na edição desta semana da “PNAS”, a revista da Academia Americana de Ciências.

A ideia dos pesquisadores era conferir se a tuberculose tem grupos com maior risco de transmissão da doença, como ocorre com outras doenças transmissíveis. “Isso não se aplicava muito bem à tuberculose, mas parece que pode ajudar sim”, afirmou Valéria Saraceni, médica e pesquisadora da Secretaria Municipal e coautora do estudo.

Com base em estatísticas obtidas pela secretaria, foram localizadas três “áreas quentes”, locais com maior incidência da tuberculose. A Rocinha, a região de Manguinhos e o Centro concentram apenas 6% da população do Rio de Janeiro, mas são responsáveis por até 35% dos contágios de tuberculose, segundo o cálculo feito na pesquisa.

A tuberculose é uma doença que ataca principalmente os pulmões, e pode levar à morte. Pessoas com a defesa do corpo debilitada, como os portadores de HIV, sofrem maior ameaça.

O bacilo de Koch, como é chamada a bactéria da tuberculose, é transmitida de pessoa para pessoa por meio de gotículas de saliva, que podem sair na tosse ou na fala. Por isso, se alastra mais facilmente em lugares em que muitas pessoas vivem juntas, principalmente se forem locais pequenos e pouco arejados. Por essas características, a doença tende a se espalhar em áreas como favelas.

Segundo os pesquisadores, dar mais atenção à doença nesses locais em que a transmissão é mais comum reduziria o número de casos. “Se você trata a pessoa com tuberculose, evita que aquela pessoa passe o bacilo adiante”, afirmou Saraceni.

Além disso, o acompanhamento médico é especialmente importante para que a doença não retorne. O remédio precisa ser tomado durante seis meses, mesmo que os sintomas já tenham desaparecido.

Para Saraceni, combater a tuberculose somente nas “áreas quentes” não levaria à erradicação da doença, mas pode ser útil, principalmente nos lugares mais pobres, como na África Sub-saariana. “É uma estratégia para quem tem poucos recursos conseguir concentrar melhor”, explicou a pesquisadora. G1
30 05 12
Atenção, chocólatras! Comer chocolate pode retardar o processo de envelhecimento da pele
   Getty Images

Mulheres que gostam de chocolate, atenção! Mais um bom motivo para comê-lo (se é que se precisa de mais algum motivo para devorar uma bela barra, principalmente "naqueles" dias de TPM). De acordo com os cientistas de Cambridge, ele pode retardar o processo de envelhecimento da pele. Os pesquisadores afirmam que a descoberta pode transformar o chocolate em uma solução maravilhosa anti-envelhecimento.

Leia mais: Você costuma testar as dietas do momento feitas pelas famosas?

Uma nova tecnologia que usaria um ingrediente chamado de Coco-Lycosome seria colocada no chocolate,aumentando em até 20 vezes a absorção do corpo dos flavanóides do cacau. Essas são moléculas contidas no chocolate que melhoram a oxigenação da pele, fator essencial para retardar o processo de envelhecimento.

Para Ivan Petyaev, um dos cientistas envolvidos na pesquisa, esse é um resultado muito positivo. “Todos podem se beneficiar dos valores intrínsecos dos flavanóides de cacau, sem comprometer sua saúde e hábitos." Em entrevista ao jornal britânico “Mail Online”, Petyaev afirmou que a tecnologia usada não teve impacto sobre o sabor ou a textura do chocolate e garantiu que o ingrediente é seguro e aceito pela indústria de alimentos. MC
29 05 12
Brasil cria exame que usa hálito para diagnosticar doenças cardíacas
A nova técnica é mais barata, mais rápida e tão precisa quanto a atual, que detecta doenças do coração por meio de exame de sangue

Pesquisadores do Intituto do Coração (InCor), em São Paulo, desenvolveram uma técnica que realiza diagnósticos de insuficiência cardíaca por meio apenas do sopro. O exame é feito com um aparelho que mede o nível de acetona – substância de cheiro forte produzida durante os processos de metabolismo do corpo – presente no ar expelido pela boca do paciente. Quanto maior o nível, mais elevado é o estágio da doença.
 
A nova técnica garante diagnósticos tão precisos quanto a forma usada atualmente – a constatação da insuficiência é feita hoje por exame de sangue, que verifica a presença de uma substância chamada 'bnt'. “Observamos que o nível da acetona no ar exalado cresce de maneira proporcional ao nível do biomarcador 'bnt' no sangue”, explica Fernando Bacal, médico do InCor.

20 05 12
O Centro Internacional SARAH de Neurorreabilitação e Neurociências, 
HOSPITAL SARAH RIO, 

Especializado em neuroreabilitação, inaugurado no dia 01 de maio de 2009, na Barra da Tijuca, já está cadastrando para atendimento, novos pacientes adultos e crianças com as seguintes patologias:
• Paralisia cerebral
• Crianças com atraso do desenvolvimento motor
• Sequela de traumatismo craniano
• Sequela de AVC
• Sequelas de hipóxia cerebral
• Má-formação cerebral
• Sequela de traumatismo medular
• Doenças medulares não traumáticas como mielites e mielopatias
• Doenças neuromusculares como miopatias, neuropatias periféricas hereditárias e adquiridas, amiotrofia espinhal
• Doença de Parkinson e Parkinsonismo
• Ataxias
• Doença de Alzeihmer e demências em estágio inicial
• Esclerose múltipla
• Esclerose lateral amiotrófica em estágio inicial
• Mielomeningocele
• Espinha bífida
• Paralisia facial

O atendimento é totalmente gratuito.
O cadastro para atendimento de novos pacientes é feito exclusivamente pelos telefones:
(21) 3543-7600, (21) 3543-7601, (21) 3543-7602, das 08 às 17 horas, de segunda a sexta-feira.

OBS: Importante: O SARAH-Rio atende pacientes portadores de doenças neurológicas crônicas; tais como doença de Parkinson, Ataxias, (incapacidade de coordenação dos movimentos musculares voluntários) e outras doenças degenerativas. Sequelas de lesão vascular ou traumática que afetam o sistema nervoso, (lesão cerebral e lesão medular).
End: Avenida Embaixador Abelardo Bueno, nº 1.500, Barra da Tijuca - Rio de Janeiro.
http://www.sarah.br/
 


Comments