ASSODANTAS

A Associação dos Agricultores Familiares do Córrego D’antas foi criada em 05 de março de 2004 para unir os produtores rurais da comunidade rural do Córrego D’antas, localizada em Poços de Caldas onde originalmente instalaram-se diversas familiares descendentes de italianos. 

Em meados de 1890 os primeiros imigrantes italianos das Famílias Benelli, Consolini e Barzagli chegaram à Poços de Caldas para trabalhar. De origem camponesa rapidamente aprenderam o "ofício" da cafeicultura e com muito esforço e tempo adquiram terras na localidade. Com o passar dos anos as propriedades foram divididas entre os filhos dos proprietários que dividiram entre os netos e atualmente a comunidade é constituída por propriedades pequenas e médias de agricultores familiares em grande parte com alguma descendência destas familias. 

Em 02 de maio de 2006 a associação foi legalmente constituída. Em 2007 com recursos de arrecadados com uma tradicional Festa Italiana, conseguiu iniciar o processo de certificação no Mercado Justo. 

Em 16 de novembro de 2009 a ASSODANTAS foi auditada pela FLO-CERT órgão ligado a FAIR-TRADE, e recebeu o Certificado FAIR-TRADE, realizando sua primeira venda dos cafés de seus associados.

Hoje a ASSODANTAS é formada por cerca de 70 cafeicultores entre eles proprietários, meeiros e arrendatários que têm o café arábica como principal produto gerador de renda.
http://fairtradeusa.org/producer-profiles/assodantas-assoc-agricultores-familiares-corrego-dantas

ASSODANTAS é uma das quinze associações de produtores brasileiros Fair Trade Certified que participaram do projeto Responsible Sourcing Partnership (RSP) projetado para melhorar a qualidade do café brasileiro, aumentar as ligações de mercado e a capacidade de produção. 

Através de várias parcerias, ASSODANTAS esteve presente em diversos treinamentos técnicos, incluindo governança, gestão de negócios, aprimorando as práticas de pós-colheita para melhorar ainda mais qualidade do café produzido.